Qual a diferença entre empréstimo e financiamento?

Qual a diferença entre empréstimo e financiamento?

4 de fevereiro de 2020 0 Por Carlos Oliveira
Procurando saber qual a diferença entre empréstimo e financiamento? Então leia este artigo com atenção e veja todas as dicas que eu tenho para você.
Quando você está precisando de um dinheirinho extra, a primeira coisa que vem na cabeça, é pedir dinheiro emprestado. E aí você pensa na sua avó, na sua mãe, no seu pai, bancos ou financeiras. E aí que vem a dúvida. O que é melhor? Empréstimo pessoal ou financiamento? Qual a diferença entre empréstimo e financiamento?
Fala meu amigo ou amiga que adora pagar um boleto! Já que o assunto aqui é  descobrir qual a diferença entre empréstimo e financiamento, eu recomendo que você leia este artigo atentamente.
Quem nunca pediu dinheiro emprestado? Se  você é uma dessas pessoas, então eu preciso que você saiba qual a diferença entre empréstimo e financiamento. bom vamos ao que interessa então!
Veja este artigo com atenção: Como funcionam as casas lotéricas

Qual a diferença entre empréstimo e financiamento?

 

É o velho ditado: parece, mas não é! Apesar de serem bem parecidas, essas duas opções de crédito têm algumas coisas que diferenciam uma da outra. Principalmente, o nosso amigo financiamento.
Mas uma coisa é fato, os dois são um contrato entre você e o banco, ou a financeira, pra te emprestar dinheiro.
E os dois, você vai ter que pagar juros, às vezes mais, ou às vezes menos, espera aí, que você já vai entender já, já…

Qual a diferença entre empréstimo e financiamento: Qual a finalidade!

A principal diferença entre empréstimo e financiamento,e que também vai definir o valor do juros, é a finalidade. Ou seja, para que você quer esse dinheiro?
O empréstimo pessoal não tem uma finalidade específica, então você não precisa informar ao banco
para que você precisa daquele dinheiro. Já o financiamento tem um objetivo específico.
Seja para comprar um carro, uma casa, uma viagem, enfim! E só o fato de o financiamento ter um objetivo específico, as taxas de juros tendem a ser menores. Já que o risco de você não pagar o banco
ou a financeira, é menor também.

Juros!

 

Agora, presta muito bem atenção no que eu tenho para te falar, eu vou te dizer uma coisa:
“Quanto maior as informações, menor é o risco”
Por isso, no caso do empréstimo pessoal, o banco não sabe porque você quer aquele dinheiro. Então, as taxas de juros tendem a ser maiores e se você não sabe todos os juros que podem ser cobrados no
seu empréstimo.
O que eu posso falar com toda certeza é que: “Você não é Alice
e nem está no país das maravilhas”.
Então, meu amigo ou amiga, é óbvio que o financiamento é um pouquinho mais difícil de ser aprovado. Já que as taxas de juros são menores, a burocracia é muito maior.
Afinal, você precisa de toda aquela papelada para comprovar o que você quer financiar e se você pode pagar. Muito mais chato que um empréstimo.

Qual a diferença entre empréstimo e financiamento: Objetivo!

Geralmente, na hora de conceder financiamento ou empréstimo, os bancos e financeiras fazem uma análise de crédito. E aí, o seu Serasa Score pode contar e muito!
Aqui no blog temos inclusive um artigo explicando como faz pra aumentar a sua pontuação. Confere aqui!
E como é mais fácil de ser liberado, empréstimo dá pra conseguir até online! Tem vários bancos ou financeiras que concedem empréstimos em seus próprios sites. Lembrando que cada um tem sua taxa de juros, C.E.T e tarifas, de acordo com as suas políticas de crédito.
E como são muitas empresas oferecendo crédito, você pode perder a mão e não conseguir comparar tudo, e acabar perdendo uma boa oferta!

Faça uma comparação entre as empresas que oferecem esses tipos de crédito

 

Por isso, você precisa acessar agora o Serasa e Cred lá você encontra várias empresas e várias ofertas de crédito em um só lugar. É muito mais fácil de comparar, então se você precisar de um empréstimo, não deixe de comparar antes no Serasa e Cred, e o melhor: é de graça!
É sempre bom repetir! Não saia por aí pedindo empréstimo sem precisar,
ou então, sem saber se a parcela vai caber no seu bolso, se você vai conseguir pagar.
Planeje tudo certinho antes! E muito cuidado com os golpes!
Tem muito marmanjo por aí, desocupado, querendo dar golpe em vocês.
E disso, infelismente, o Guia bancário não pode te proteger.
Então é isso, meu amigo!
E se você ficou com alguma dúvida, deixa aqui nos comentários, que eu terei prazer em responder.
Um forte abraço e até mais!